A alegria de passar

Como vocês sabem eu perdi 1 ANO DA MINHA VIDA porque não sou boa em química. Um ano acadêmico que (vamos combinar) foi chato pra caramba e que rendeu vários dias de lamúria aqui no blog.



Hoje a postagem vai ser sobre a alegria de passar. Com um pouco mais de esforço consegui passar esse ano e, meu Deus, não fiquei alegre e saltitante. Ao contrário, percebi o quanto eu estou perto de ser uma adulta de verdade.

Toda essa alegria de passar que todos sentem, pra mim está se tornando uma tortura! Faculdade pra ir, trabalho pra arranjar, uma casa pra morar, coisas a comprar, e pior, coisas a pagar.

O problema começa com a faculdade pra ir. Pretendo fazer jornalismo e a família começa a entrar com aquele discurso de: "vai comer com que dinheiro ?", "em qual das pontes você vai morar ?". Cara, é realmente cruel, já que a família quase nunca apóia decisões como essa. Mas mesmo assim escolhi essa faculdade e vamos na fé.

A parte de uma casa pra morar, coisas a comprar, e pior, coisas a pagar depende de uma, e apenas uma atitude: o trabalho pra arranjar. Esse trabalho pra arranjar define todas as outras coisas. Enquanto curso minha faculdade eu procuro uma independência. Preciso ter um lugar pra curtir esse novo momento da minha vida e me sentir, digamos assim, mais livre.

Como poderia eu ser uma pessoa livre se morasse no meu quarto na casa dos meus pais. Nem pensar, não quero ser assim.

Agora vocês entendem o que é ser torturada.

Fora isso até que é bom não ter que ficar mais um ano da minha vida aprendendo coisas da qual sou obrigada pra provar ao mundo que esse sistema de ensino é muito bom e que devemos apoiá-lo. Ainda acho que se pudéssemos escolher as matérias que queríamos eu já estaria com o doutorado na mão (detectando ironia)

Com amorzinhos, 
Fabi

4 Comentários:

  1. ain, esses posts adultos me dão aflição. E é assim mesmo. Minha família não incentiva os meus gostos. Quando digo que vou fazer algo (igual quando entrei para o teatro) "vai fazer isso pra quê? Vai gastar dinheiro a toa".
    Estou em busca de um trabalho e da minha independência. E não vá pensando que vc vai receber uma mãozinha milagrosa, não. Cada dia eu vejo que é cada um por si mesmo ://

    sushibaiano.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Lindaaa, lê meu último post, tem tudo a ver com o que tu ta passando. Vai com calma linda e faça o que vc quiser, a família sempre faz pressão, mas no fina quem decide sua vida é você!

    ResponderExcluir

Antes de comentar dê uma lida.

* Não comente como anônimo. Na opção "comentar como" escolha "Nome/URL" e assim, vou saber quem é e retribuir a visita no seu blog.
* Visite nossos termos de uso para saber mais sobre os comentários.