01 - Tropeços // CHEIA


Para saber mais sobre isso e ler o capítulo anterior, clique aqui


(!!!!!!!!) Pra um maior conforto de todos vocês e pra leitura não ficar cansativa, eu vou trazer apenas uma pequena parte dos capítulos agora. Como uma preview. Fiquem tranquilos que a história será lançada na íntegra toda semana (que der) lá no meu wattpad, que é bem mais fácil de ler. Pra você não ter o trabalho de clicar toda semana aqui no blog, me segue por lá que chega notificação toda vez que sai uma história nova.

>>> Outra nota explicativa é a idade dos personagens. Comentaram comigo (obrigada Ash <3) que a idade deles está um pouco confusa.

A Amelie tem cerca de 19 anos, mas tem todo aquele jeito de garota (vide curativo de gatinho no joelho,do capítulo 1). Cristian e Eddie têm 20 e 21 respectivamente. Marie tem a idade de Amelie, 19. Vocês só vão entender quem é quem lendo a história (ou em um próximo post explicativo que pretendo lançar aqui).

>>> A capa do livro foi feita por mim mesma, no final do livro dou o crédito pros participantes das etapas do livro em um capítulo de agradecimentos.

Dúvidas desfeitas vamos ao preview!


-------//-------


01 - TROPEÇOS


"Tropeços fazem parte da vida" - Eddie
- Papai, cheguei!
Amelie tinha acabado de voltar de uma viagem. Joga suas coisas no sofá e logo depois se senta olhando fixamente o teto. Nem percebe que Pudim, seu gato, chega por entre suas pernas.
- Olá querida – dando um beijo estalado em sua testa – como foi a viagem? – diz Michael sentando-se ao seu lado.
- Ah, não foi uma ideia muito boa. O tempo estava muito fechado e não deu pra sair muito por lá. Também fiquei bem preocupada com o senhor. Está tudo bem?
Michael, pai de Amelie, vinha sofrendo com problemas de saúde e isso estava afetando psicologicamente a filha.
- Filha, já te disse pra não se preocupar comigo. Foram só uns desmaios há três semanas. Não preciso de cuidados agora.
- Claro que precisa! O doutor falou que deveria ficar de repouso enquanto o diagnóstico não fosse feito e você está aí, perambulando pela casa como se nada estivesse acontecendo e...
- Você se parece muito com sua mãe... Vamos mudar de assunto? Cristian esteve aqui faz algumas horas. Ele achou que fosse voltar mais cedo e decidiu dar um oi.
- Nossa!! Faz dias que não falo com ele.
- Ele me disse a mesma coisa. Pediu que ligasse pra ele quando chegasse.
- Acho que vou dar um oi pessoalmente mesmo – disse levantando apressadamente e passando as mãos sobre a cabeça de Pudim – se não ele vai achar que o abandonei ou coisa do tipo – lembrou dando umas risadas internas – Cristian pode ser muito dramático às vezes.
- Que ele pode ser dramático eu não sei, mas que você vai comer alguma coisa antes de ir, você vai.
- Ah pai, você sempre sendo...
- Anda, anda, anda... Você ficou horas dentro de um avião sem comer nada descente. Preparei aquela lasanha que você tanto gosta.
- É sério?! Você é o melhor do mundo.
Amelie sai correndo em direção à cozinha. Michael pega Pudim no colo e acaricia seu queixo, enquanto ela ronrona.
- E você é a minha preferida. Minha garotinha. Leia mais

0 Comentários:

Postar um comentário

Antes de comentar dê uma lida.

* Não comente como anônimo. Na opção "comentar como" escolha "Nome/URL" e assim, vou saber quem é e retribuir a visita no seu blog.
* Visite nossos termos de uso para saber mais sobre os comentários.