Dois eus

*É um textão, mas isso é mal de blogueira. Prometo que tá um amorzinho*
Cê deixa eu te contar uma história de transição ?
Uma Fabíola com 15 anos um dia foi pra uma festa. Nesse dia ela não queria ir com o cabelo muito lambido e ela resolveu então ter uma atitude muito bobinha: passar pouco creme. Cara, o cabelo dela ficou com um volume enorme e ela só conseguia pensar " MEU DEUS, O QUE EU FIZ!! LOGO NO DIA DA FESTA !? ERA MELHOR TER ALISADO ESSA BOSTA". Pra piorar toda a situação, um "amigo" virou pra ela e disse "CARAAAAAAA[+]A, TEU CABELO TÁ HORRÍVEL! TINHA ÁGUA EM CASA NÃO ?" e riu horrores. A Fabi ficou arrasada, coitada, mas acabou concordando.
As pessoas pensam que o que elas falam a maioria das vezes entra no ouvido da pessoa e sai no outro. Naquele dia com a Fabs não foi bem assim.
Ela começou a correr atrás de aprovação. Ela precisava que as pessoas olhassem pra ela e achassem ela a "topíssima do baile". Começou passando um pouquinho mais de creme, dividindo ainda mais o cabelo, jogando mais água pra abaixar. Digamos que ela foi se despindo da sua identidade pra conseguir uma aprovação das pessoas. Digamos também que tirar uma roupa que veio colada em você dói pra burro.
Um belo dia, pra parar de vez com essa palhaçada de cabelo, ela alisou. Não definitivamente, mas alisou. Olhou no espelho, olhou, olhou, olhou.... Coisa de umas duas horas. Ela não se reconheceu.
Ela não gostou. "Ah, mas o que importa, não é mesmo ? O resto das pessoas vai gostar, e assim que é bom...".
"Nossa Fabíola, você está diferente, o que houve ? TÁ MAIS BONITA". "Adorei assim!! Ficou menos cheio né, bem melhor!". "Agora sim você faz PARTE DO CLUBE".
Tá, mas não era a Fabi que fazia parte do clube. Era o cabelo dela.
1 ANO DEPOIS
Fabíola estava na sala vendo TV quando de repente começam aqueles comerciais onde as mulheres jogam o cabelo pra tudo quanto é lado. Ela IMEDIATAMENTE pensa: preciso URGENTE poder fazer isso com meu cabelo natural.
Vai no banheiro, se olha e decide que precisa se encontrar novamente. Precisa recuperar a auto estima. Ela enfia a cabeça em baixo da torneira ligada e desfaz a chapinha que tinha feito semanas antes. Pega uma tesoura e faz um corte legal para cabelos cacheados que viu na internet. Quando o cabelo seca, TA TUDO CORTADO ERRADO, mas sabe o que realmente importa ? ELA SE AMOU!
Ela não conseguia parar de se olhar, com o cabelo diferente e do jeitinho que ela gostava. Tinha volume ? TINHA E ELA NÃO LIGOU NEM UM POUCO PORQUE ISSO ERA ELA. ISSO ERA O QUE ELA QUERIA SER.
3 anos depois a Fabíola se olha no espelho diariamente e lembra como foi aquele ano ruim onde dependia das pessoas para se gostar. Ela agora tem certeza de que os que vem são pra transbordar o copo, porque ela já está cheia de si.
Ela alisaria de novo ? Claro! Porque ela não é contra o alisamento, é contra a escravização que rola em torno disso. É contra esse padrão boboca que alguém (quem foi vai levar uma moca) colocou e que algumas pessoas insistem em seguir a risca.
Amiguinhx, SEJA O QUE VOCÊ QUISER NA HORA QUE VOCÊ QUISER E SE ISSO TE FIZER FELIZ. Vamos ser livres juntinhos ? Então vamos.
Se você leu até o final ganhou meu amor eterno

Era tanta foto que eu nem sabia o que fazer hahaha peguei as primeiras porque eu tava na dúvida. Cabelo cacheado é sinal de foto toda hora ♥

2 Comentários:

  1. ADORO seu cabelo tooodo natural. Acho que o importante é você sentir-se bem com você mesma, SEMPRE. As imposições são muito fortes em nossa vida mesmo, ainda bem que muitas pessoas têm nos ajudado a nos recuperar.
    Beijos!

    Allan em Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, nós temos que nos sentir o melhor possível sempre!

      O melhor pra nós bb <3

      Excluir

Antes de comentar dê uma lida.

* Não comente como anônimo. Na opção "comentar como" escolha "Nome/URL" e assim, vou saber quem é e retribuir a visita no seu blog.
* Visite nossos termos de uso para saber mais sobre os comentários.