Fugaz.



Saudades das ficções ? Eu também !

Ultimamente eu tenho passado por momentos muito legais e felizes na minha vida (brevemente postarei aqui sobre eles, com direito a fotos e tudo, olha só! haha) e estou naquele período que tudo o que eu penso tem que ir pro papel (em breve também mostrarei a vocês algumas anotações que faço e talvez sirvam de inspiração pra algumas de vocês).

Outra coisa bem engraçada que acontece enquanto eu escrevo essa postagem é o fato de eu estar escrevendo do QUARTEL GENERAL  hahahahahaha! Isso mesmo ! Estou escrevendo do laboratório de informática do meu colégio... mereço !! 

Bom, parando de falar um pouco (porque eu falo muito, já deu pra reparar né *risos*) vamos ao que interessa ??? Amo todos vocês ♥ 

 FUGAZ

A vida meu caro, não passa de devaneios
Tanto que em certos momentos 
sem desarmar a entrada de minha porta
Ela passa
E já se foi.

É transitório meu caro, a hora de se sentir certo
De se sentir raro
Mas, por um tempo certo
Mas, por um tempo raro
Tente se sentir alguém
Porque a vida, meu caro, é de um tempo fugaz.

Tente se encontrar em asas, voos planícies e estações.
Tente se achar em choros, risos, problemas e situações,
mas nunca se perca por outros caminhos que não sejam mais 
os seus.

O você é o que importa, nem que a sua porta, o fugaz venha lhe buscar a vida.

0 Comentários:

Postar um comentário

Antes de comentar dê uma lida.

* Não comente como anônimo. Na opção "comentar como" escolha "Nome/URL" e assim, vou saber quem é e retribuir a visita no seu blog.
* Visite nossos termos de uso para saber mais sobre os comentários.